SINTESPEM ganha mais uma liminar na justiça contra prática antissindical da prefeitura de Santa Filomena

SINTESPEM ganha mais uma liminar na justiça contra prática antissindical da prefeitura de Santa Filomena

Não é de hoje que o prefeito de Santa Filomena vem atacando ferozmente a entidade sindical SINTESPEM. Há um ano não desconta mais as mensalidades associativas em folha mas, antes disso, recolheu e não repassou mensalidades sindicais que somam importância de mais de 70 mil reais que hoje se encontram retidos nos cofres da prefeitura. a prefeitura tem posse sobre o dinheiro do associado que foi descontado até março de 2018 está, o que caracteriza apropriação indébita. A questão está na justiça aguardando um desfecho.

A prática antissindical mais recente foi o retorno aos postos de trabalho sindicais com mandato classista:  Ivaldo Lopes Passos – Secretário Geral do SINTESPEM,  Celiana Barbosa Lima Cruz – 2ª Vice Presidente do SINTESPEM Santa Filomena e Valberlina Costa de Amorim – 2ª Secretária de Finanças e Patrimônio do SINTESPEM Santa Filomena. A secretaria de educação não respeitou as leis municipais e a eleição do sindicato que escolheu seus representantes onde lhes são assegurado o direito de desempenhar mandato classista ficando estes a disposição da entidade sindical. Isso não é um favor, é obrigação da gestão atender e respeitar.
Em ação impetrada na Justiça do Trabalho, Vara de Presidente Dutra, a juíza titular, Dra Érika Guimarães Gonçalves, concedeu tutela de urgência na ação  do advogado Dr. Dannilo Cosse Silva. Neste sentido, evitou que o prefeito exigisse o retorno dos sindicalistas aos seus postos de trabalho, bem como viesse a suprimir os seus salários. O resultado desta ação, se deu nesta quarta-feira (10) em favor diretores acima mencionados.

SINTESPEM

TTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTT22222222222222222222222222
WhatsApp