Morre no Ceará o autor de ” ME DÊ PAPAI”

O cearense Iatami Alves Bezerra, 56 anos, que morreu neste domingo (3) em Tauá, no interior do Ceará, ficou famoso nas redes sociais após um vídeo dele viralizar em 2015. “Zé Iaiá”, como era conhecido, virou um fenômeno nas redes pelo uso do bordão em diversos memes.

Zé não tinha filhos e morava com a mãe, a irmã e uma sobrinha. Ele não trabalhava e sobrevivia de bicos que fazia para conhecidos.

Ainda de acordo com a sobrinha, o homem tinha problemas com alcoolismo, mas nunca fez tratamento.

“[Ele] chegou a parar de beber por um tempo. Após ter ficado doente ficou um ano sem beber, mas depois voltou”, disse Hillary

Morte em frente a bar

Iatami Alves Bezerra, 56 anos, conhecido pelo bordão "me dê, papai", ficou famoso após um vídeo dele viralizar em 2015. — Foto: Arquivo pessoal

Iatami Alves Bezerra, 56 anos, conhecido pelo bordão “me dê, papai”, ficou famoso após um vídeo dele viralizar em 2015. — Foto: Arquivo pessoal

Segundo testemunhas, Zé passou mal e desmaiou em frente a um bar na Rua Júlio Gonçalves da Silva, no Bairro Bezerra de Souza.

Conforme a Polícia Militar, os agentes foram acionados, mas quando chegaram ao local uma equipe do Samu já havia constatado o óbito da vítima, por parada cardíaca.Um procedimento sobre a morte de Zé Iaiá foi registrado na Delegacia Regional de Tauá.

Zé foi enterrado nesta segunda-feira (4), no Cemitério São Judas Tadeu.

G1 CEARÁ

Deixe seu comentário

Hits: 41

VALMIR ARAÚJO