Jefferson Portela se antecipa a Flávio Dino e pede demissão

ATUAL7

O secretário Jefferson Portela (Segurança Pública) pediu demissão ao governador Flávio Dino (PSB) ao ser informado que o socialista pretendia exonerá-lo do cargo nesta sexta-feira (4).

Segundo apurou o ATUAL7, o pedido foi entregue nessa quarta-feira (2), e ainda não tornado público por Dino porque ainda não há substituto para o cargo.

O mais cotado, até o momento, é o coronel Sílvio Leite, atual secretário-chefe do Gabinete Militar. A decisão será tomada em conjunto por Flávio Dino e o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), para o anúncio.

A saída de Portela da SSP-MA ocorre em razão dele haver declarado apoio ao senador Weverton Rocha (PDT) na disputa pelo Palácio dos Leões em 2022, e feito diversos discursos contrários à gestão Dino durante atos de pré-campanha do pedetista pelo interior do estado.

Em um dos discursos, Jefferson Portela afirmou que a história do Maranhão contará com apenas dois governos legitimamente populares: o primeiro seria o de Jackson Lago (PDT), que comandou o Executivo de janeiro de 2007 a março de 2009, quando teve o mandato cassado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob acusação de compra de votos, e o segundo seria o do próprio Weverton Rocha, se eleito em outubro próximo.

Pré-candidato à Câmara dos Deputados, Portela pretende se aposentar da Polícia Civil para evitar o vexame de ter de voltar para o 14º DP – Bequimão ou, para onde mais teme, o 10º DP – Bom Jesus / Coroadinho, ambos em São Luís.

Deixe seu comentário

Hits: 2

VALMIR ARAÚJO