Sport empata com Brusque e perde chance de retornar ao G4 da Série B

Jogando em casa, na Ilha do Retiro, o Sport Club do Recife não saiu do 0 a 0 contra o Brusque, e deixou passar a chance de retornar ao G4 (zona de classificação) da Série B do Campeonato Brasileiro. Após o duelo válido pela 14ª rodada, os pernambucanos seguem na quinta posição, com 21 pontos, a apenas um de alcançar o Grêmio (4º). Já os catarinenses, com 17 pontos, ocupam o 10º lugar na tabela. 

O Leão teve mais posse de bola, mas esbarrou na defesa fechada do adversário.  A falta de criatividade também prejudicou o Sport que teve poucas chances reais de balançar a rede. A melhor delas foi no final do primeiro tempo , com Luciano Juba, com um torpedo de canhota desferido de fora da área, que o goleiro Jordan defendeu.

No segundo tempo quem partiu para o ataque foi o Brusque. Aos oito minutos, Alex Sandro quase abriu o placar para os catarinenses, mas o goleiro Mailson fez bela defesa. Na reta final da partida, o Sport cresceu em campo e passou a pressionar mais. Aos 43 minutos, Bill quase abriu o placar com uma bomba de fora da área, e no minuto seguinte foi a vez do volante  Blás Cáceres chutar de canhota no ângulo direito do goleiro Jordan, que estava atento e defendeu. O duelo terminou mesmo em 0 a 0.

O Leão teve mais posse de bola, mas esbarrou na defesa fechada do adversário.  A falta de criatividade também prejudicou o Sport que teve poucas chances reais de balançar a rede. A melhor delas foi no final do primeiro tempo , com Luciano Juba, com um torpedo de canhota desferido de fora da área, que o goleiro Jordan defendeu.

No segundo tempo quem partiu para o ataque foi o Brusque. Aos oito minutos, Alex Sandro quase abriu o placar para os catarinenses, mas o goleiro Mailson fez bela defesa. Na reta final da partida, o Sport cresceu em campo e passou a pressionar mais. Aos 43 minutos, Bill quase abriu o placar com uma bomba de fora da área, e no minuto seguinte foi a vez do volante  Blás Cáceres chutar de canhota no ângulo direito do goleiro Jordan, que estava atento e defendeu. O duelo terminou mesmo em 0 a 0.

VEJA TAMBÈ VIA AGÊNCIA BRASIL

Novorizontino supera Bahia e chega à 11ª posição 

O time da cidade de Novo Horizonte (SP) quebrou o jejum de vitórias na tarde de hoje (25) ao superar o Bahia fora de casa, por 1 a 0, com gol do argentino Diego Torres aos 43 do segundo tempo. Boa estreia para o técnico Rafael Guanaes, contratado na última terça (21). O resultado positivo na Arena Fonte Nova, em Salvador, afastou o Tigre da zona de rebaixamento (Z4): ocupa provisoriamente o 11º lugar, com 17 pontos. Já o Bahia, após o terceiro revés seguido, permanece por enquanto na terceira posição da tabela. A 14ª rodada só termina na segunda (27). 

Com pênalti polêmico, Criciúma bate Vila Nova

Jogando em casa, no Estadio Heriberto Hülse, o Criciúma venceu o Vila Nova por 1 a 0 no final da manhã deste sábado (25) com gol polêmico de pênalti e ficou mais perto do G4. O lance que originou o pênalti ocorreu aos 23 minutos: Marcelo Hermes tenta o cruzamento pela esquerda, mas a bola desvia no zagueiro Alex, que tinha os braços colados ao corpo. O juiz deixou a partida seguir, mas o árbitro de vídeo (VAR) interveio e sugeriu a revisão do lance. Após checar as imagens, o árbitro de campo Paulo Henrique Schleich Vollkopf assinalou o pênalti. Marquinhos Gabriel cobrou com categoria.  Com o triunfo, o Criciúma chegou aos 19 pontos e subiu para a sexta posição. Já o Vila Nova segue na lanterna, com 11 pontos.

AGÊNCIA BRASIL

Deixe seu comentário

Hits: 11

VALMIR ARAÚJO