POLÍCIA CIVIL PRENDE MULHER SUSPEITA DE INTEGRAR ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA EM MIRINZAL

Em  um desdobramento da “Operação Íbis Escarlate”, a Polícia Civil do Maranhão, na última terça-feira (31), deu cumprimento a um mandado de prisão temporária contra uma mulher investigada por integrar uma facção criminosa com forte atuação no município de Mirinzal.

No curso das investigações, as autoridades policiais vinculadas à 21ª Delegacia Regional de Cururupu, identificaram a participação da mulher como integrante da organização criminosa, sendo também, investigada por ser a mentora intelectual de homicídio ocorrido no último dia 16 de agosto deste ano, em Mirinzal.

Esse é a nona pessoa investigada que foi identificada e presa temporariamente em virtude de sua ligação com organização criminosa da região. No dia 28 de julho de 2021, a Polícia Civil deflagrou a operação que resultou na prisão de 8 pessoas.

Naquela ocasião foram apreendidas duas espingardas; um revólver calibre .38; seis munições calibre .38; três munições calibre .20; 33 cartuchos de pólvora para recarga de munições; treze celulares; uma balança de precisão; 33 pedras de crack e quatro papelotes de substância análoga a cocaína prontas para venda; 11g de substância análoga ao crack.

Além disso, os policiais localizaram vários cartões bancários e de benefícios sociais contendo suas senhas de acesso e uma quantia superior a 14 mil reais em espécie. Após a formalização da prisão, a nacional foi encaminhada ao sistema prisional onde ficará à disposição da Justiça.

Deixe seu comentário
VALMIR ARAÚJO