POLÍCIA CIVIL DO MARANHÃO DEFLAGRA “OPERAÇÃO OCCULTUS” CONTRA GRUPO QUE ALICIAVA JOVENS À PARTICIPAREM DE RITUAIS COM ATOS CRIMINOSOS

A Polícia Civil do estado do Maranhão, através da delegacia de Vitória do Mearim, com apoio operacional do Grupo de Pronto de Emprego (GPE) da Superintendência de Polícia Civil do Interior (Spci) e da 6º Delegacia Regional de Viana, deflagrou na data desta quarta-feira (18), a operação Occultus, tendo sido dado cumprimento à 02 Mandados de Prisão Temporária em desfavor dos acusados e cumpridos 03 Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar.

Durante as investigações, os policiais constataram pela equipe de investigação a participação dos investigados citados acima, em diversos atos de aliciamento de menores de idade, tendo sido configurado uma associação criminosa para a prática de diversos crimes, aonde os jovens estariam participando de rituais com viés criminoso com a utilização de drogas ilícitas, bebidas alcóolicas e a prática indiscriminada de atos sexuais entre os participantes do grupo.

Os presos temporários são investigados pela prática de diversos crimes, a saber, associação criminosa, induzimento ou instigação ao suicídio, charlatanismo, violação sexual mediante fraude, uso compartilhado de drogas ilícitas com menores de idade, servir ou ministrar bebida alcóolica para criança e adolescente, além de outros tipos penais que seguem sendo investigados pela delegacia de polícia civil de Vitória do Mearim, atos estes, realizados durante a prática dos citados rituais.

No encalço das investigações, foram apreendidos 02 computadores, 02 notebooks, 02 tablets, 11 aparelhos celulares, além de pen-drives, cadernos de anotações e demais provas materiais a serem analisadas pela equipe de investigação da polícia judiciária.

Após os procedimentos de praxe, os presos foram conduzidos até a Unidade Prisional de Ressocialização do município de Viana, aonde permanecerão à disposição da justiça e das investigações policiais.

Deixe seu comentário

Hits: 57

VALMIR ARAÚJO