Dino e o seletivo eleitoreiro

“Um seletivo que só vai durar até as eleições em 2022”, diz deputado Wellington ao denunciar seletivo eleitoreiro de Flávio Dino para Hospital da Ilha

Durante a sessão plenária desta quinta-feira (14), o deputado estadual Wellington do Curso utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa para fazer grave denúncia sobre o “seletivo eleitoreiro” organizado pelo Governo do Estado.

Trata-se de edital de processo seletivo lançado pelo Governo para contratação de 1008 profissionais que trabalharão no Hospital da Ilha, coincidentemente ou não, até às eleições de 2022.

Ao abordar o assunto, o deputado Wellington alertou para a utilização “eleitoreira” de Flávio Dino que opta pela realização de seletivos fraudulentos em vez de concursos públicos.“Mais um processo seletivo eleitoreiro.

Flávio Dino, dessa vez, organiza um seletivo que vai durar até o mês das eleições. Isso mesmo: um seletivo que só vai durar até as eleições de 2022.

Em vez de realizar um concurso público para a área da saúde, o governador prefere usar a máquina pública como cabide de empregos. Já oficiei o Governo e o Ministério Público. Afinal, Flávio Dino tem usado recursos do Maranhão com fins, exclusivamente, eleitoreiros”, concluiu o deputado Wellington.

Por Wellington do Curso 

Deixe seu comentário
VALMIR ARAÚJO