1º  de outubro dia do idoso

TJMA faz doação ao Asilo de Mendicidade no Dia do Idoso(a)

Em alusão ao Dia Internacional do Idoso(a), comemorado em 1º de outubro, o Tribunal de Justiça do Maranhão, por meio do Comitê de Diversidade e da Vara Especial do Idoso e Registros Públicos, realiza, nesta sexta-feira, a partir das 9h, café da manhã e atração cultural no Asilo de Mendicidade de São Luís.

Na ocasião, serão entregues os materiais doados durante a campanha Sou Solidário – Sou Sustentável, iniciada em setembro, com o objetivo de incentivar servidores(as) e magistrados(as) a doarem fraldas, materiais de higiene, limpeza e alimentos para os 22 idosos e idosas acolhidos no Asilo de Mendicidade. 

Como forma de proteger o meio ambiente, quem participou da primeira etapa da campanha recebeu um kit de ecopads, que são discos de crochê 100% algodão para limpeza e higiene da pele em substituição ao algodão, contribuindo, assim, para reduzir a produção de resíduos.

O voluntariado é outra característica da campanha, que contou com a parceria de mulheres artesãs para a produção dos 150 ecopads, de forma gratuita. Os kits foram distribuídos em três pontos de coleta: prédio-sede do TJMA, Esmam e Fórum de São Luís (Vara do Idoso).

Como forma de unir duas políticas judiciárias, a campanha busca melhorar a qualidade de vida dos idosos(as), por meio das doações, e incentivar a proteção ao meio ambiente com a substituição do algodão por um item reutilizável. 

SOBRE A DATA 

A Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu, em 1991, o 1º de outubro como Dia Internacional do Idoso. O objetivo é sensibilizar a sociedade mundial para as questões do envelhecimento, dando ênfase à necessidade de proteção e de cuidados para com essa população.

DADOS

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do total de 210,1 milhões de brasileiros, 34 milhões eram idosos, no quarto trimestre de 2019. O número corresponde a 16,2% da população do país. 

Os idosos viviam em 25,1 milhões dos 73,0 milhões de domicílios existentes no Brasil, o que significa que, em 34,5% dos lares brasileiros, havia, pelo menos, uma pessoa com 60 anos ou mais. As informações revelam que, apesar de representarem menos de 17% da população total, os idosos estavam presentes em mais de um terço dos domicílios. 

Boa parte dos idosos também continua a trabalhar. No final de 2019, 22,9% da população com 60 anos ou mais de idade estavam trabalhando e representavam 8,2% dos ocupados. 

Os dados mostram ainda que parcela dos idosos colabora com o sustento dos lares onde vivem com outras pessoas. De acordo com o levantamento, 24,9% dos domicílios no Brasil têm pessoas de 60 e mais anos que contribuem com mais de 50% da renda domiciliar, com aposentadorias, pensões, rendimento do trabalho ou de outro tipo. Isso significa que 24,9% dos domicílios teriam mais de 50% da renda afetada pela ausência dos familiares mais velhos. 

ÚTIL E PRODUTIVA

Servidora desde 1976 e lotada no Protocolo da Corregedoria Geral da Justiça, Altair de Jesus Lima Corrêa, diz que se sente muito útil e produtiva no seu ambiente de trabalho, com os seus 66 anos de idade, e isso a deixa muito feliz.

“É muito gratificante desenvolver um trabalho que gosto, conviver com os colegas, alguns mais jovens, sem falar que tenho a oportunidade de conhecer pessoas diariamente”.

“Não penso em aposentadoria, porque gosto de estar sempre em atividade, aprendendo coisas novas”, concluiu.

Altair de Jesus recebeu medalha em comemoração aos 200 anos do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (em 2013), como forma de agradecimento pelos serviços prestados ao Judiciário maranhense.

Deixe seu comentário
VALMIR ARAÚJO