Seguros Promo

Ninguém feliz: Vasco e Corinthians ficam no empate em Manaus

Manaus (AM), pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão saiu na frente com Mateus Vital, colocando em prática novamente a lei do ex, enquanto o Cruz-Maltino empatou com Maxi López, em mais um gol de pênalti, desta vez com auxílio do VAR.

Com o resultado, o Vasco pontuou pela primeira vez na competição – chegou a um ponto, na 18ª colocação. O Corinthians, por sua vez, chegou a quatro pontos, na quinta posição. Pelo Brasileiro, ambas as equipes voltam a campo no próximo fim de semana para a disputa da quarta rodada. No sábado, o Timão receberá o Grêmio, enquanto no dia seguinte o Cruz-Maltino visitará o Santos.E MAIS:

  • Dentro da Arena da Amazônia, o Vasco começou melhor a partida – diante de um Corinthians recuado, esperando a hora certa do contra-ataque. Logo aos dois minutos, Luiz Gustavo teve uma grande chance de abrir o marcador para o Cruz-Maltino, aproveitando lançamento de Danilo Barcelos. Yago Pikachu também teve uma chance, e Maxi López no início também chegou, mas caiu e pediu pênalti – não marcado, corretamente.

…ATÉ VITAL SE INSPIRAR
Enquanto ninguém do Corinthians se inspirava no ataque, o Vasco estava melhor. Até que Mateus Vital, ex-Cruz-Maltino, mandou muito bem, com um golaço, e abriu o marcador para o Timão. Aos 16 minutos, a cria das categorias de base de São Januário passou por toda a defesa carioca, deixando Raul e Claudio Winck para trás, e estufou as redes do estreante Sidão.

EMPATE COM AUXÍLIO DO VÍDEO
Atrás do marcador, o Vasco voltou com a atenção ofensiva no jogo e igualou o placar – graças ao auxílio do árbitro de vídeo. Rossi foi derrubado por Carlos Augusto aos 35 minutos, o árbitro Rodrigo D’alonso Ferreira assinalou o escanteio, mas o VAR comandado por Heber Roberto Lopes o chamou para revisão. Depois de assistir ao lance, o pênalti foi marcado. Maxi López, ao cobrar três minutos mais tarde, converteu.

TRANQUILIDADE NA ETAPA FINAL
O segundo tempo foi tranquilo, sem muito perigo tanto para o Vasco quanto para o Corinthians. Aos dois minutos, Yago Pikachu tentou para os cariocas, o Corinthians tentava responder mesmo com um time alternativo, mas pouco era visto. O encontro acabou ficando arrastado até o fim – diferente do primeiro tempo, com o Vasco melhor -, e o empate em 1 a 1 foi o resultado final. Ninguém sairá feliz de Manaus.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 1 CORINTHIANS

Estádio: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)

Data/hora: 4/5/2019, às 19h (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC) – Nota LANCE!: 6,5 (graças ao VAR, a arbitragem não influenciou no resultado, marcando corretamente o pênalti para o Vasco)

Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)

Árbitro de vídeo: Heber Roberto Lopes (SC)

Renda/público: R$ 1.707.770,00/23.954 pagantes

Cartões amarelos: Raul e Claudio Winck (VAS) e Jadson (COR)

Cartão vermelho: –

GOLS: Mateus Vital 16’/1ºT (0-1) e Maxi López 38’/1ºT (1-1)

VASCO: Sidão, Claudio Winck, Luiz Gustavo, Ricardo e Danilo Barcelos; Lucas Mineiro e Raul; Yan Sasse (Jairinho 28’/2ºT), Rossi (Valdívia 19’/2ºT) e Yago Pikachu (Bruno César 36’/2ºT); Maxi López. Técnico: Marcos Valadares.

MSN

Deixe seu comentário

5 thoughts on “Ninguém feliz: Vasco e Corinthians ficam no empate em Manaus

  1. Pingback: KIU-Library
  2. Pingback: realtor

Comments are closed.

VALMIR ARAÚJO