Fábio Macedo destina emenda para reforma do Mercado Municipal de Dom Pedro

O deputado estadual Fábio Macedo (Republicanos) e o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, estiveram, na quinta-feira (29), no município de Dom Pedro, onde o parlamentar anunciou emenda no valor de R$ 500 mil para reforma do Mercado Municipal da cidade. Na ocasião, também foi entregue à população uma ambulância equipada para reforçar os serviços na área da saúde.

Fábio Macedo destacou a importância histórica do Mercado Municipal. “Hoje é um dia muito feliz, pois, depois do período de isolamento por causa da pandemia, eu pude voltar à minha amada Dom Pedro, trazendo novidades para nossa população. A reforma do mercadão é uma realidade e com a nossa emenda será possível concretizar o sonho de um espaço mais organizado e confortável para todos”.

O ex-prefeito da cidade, Hernando Macedo, chamou atenção para a relevância da reforma. “O mercadão municipal é de extrema importância para nossa cidade. Além de movimentar a economia, gerando renda e emprego para os dompedrenses, é um dos maiores pontos de abastecimento de alimentos e utensílios domésticos. Fora isso, é um local histórico, que merece mais carinho e cuidado”, disse. 

Ambulância 

Dom Pedro recebeu uma ambulância nova e moderna, apta para atendimentos e transporte de emergência, dispondo de equipamentos como maca, prancha, umidificador, cadeira de rodas e cilindro de oxigênio.

“Por meio do Governo do Estado, estamos entregando uma ambulância com a finalidade de melhorar os serviços prestados à nossa população. Agora, a cidade conta com mais um equipamento seguro e qualificado para o transporte de pacientes”, afirmou o deputado. 

O evento contou com a presença dos deputados Daniella Tema (DEM) e Paulo Neto (DEM), do secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, do prefeito da cidade, Galego Mota, e de seu vice, Lucyan Rezende, além do prefeito de São José dos Basílios, Farinha Paé, da prefeita de Paço do Lumiar Paula Azevedo, e de várias lideranças locais.

Deixe seu comentário
VALMIR ARAÚJO