. .
Ex-ministro Eliseu Padilha morre aos 77 anos

Ex-ministro Eliseu Padilha morre aos 77 anos

Ele estava internado em Porto Alegre para tratar um câncer no estômago

O ex-ministro Eliseu Padilha morreu na noite desta segunda-feira (13), aos 77 anos, em Porto Alegre. Ele estava internado no Hospital Moinhos de Vento para tratar um câncer no estômago, descoberto há um mês.

A informação foi confirmada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). “Com pesar, recebo a notícia do falecimento do ex-ministro e ex-deputado Eliseu Padilha. Quadro histórico do MDB, ele foi ministro de três presidentes e se destacou na Câmara como hábil articulador político ao longo de quatro mandatos. Minha solidariedade à viúva, filhos e amigos”, tuitou.

Em nota, o MDB lamentou a morte do político. “Ele deixa forte legado marcado pela dedicação a projetos do Rio Grande do Sul e do Brasil”, destacou o partido. “Ajudou a construir e a consolidar a Fundação Ulysses Guimarães, braço de formação política e de plataformas políticas para o MDB. Padilha sempre será reconhecido por sua dedicação e lealdade.”

Natural de Canela, na Serra Gaúcha, Padilha era formado em direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos e atuava como advogado e empresário. Ele deixou a esposa, Simone Camargo, seis filhos e cinco netos.

Filiado ao MDB desde 1966, Eliseu Padilha foi prefeito de Tramandaí (RS); deputado federal; ministro dos Transportes no governo de Fernando Henrique Cardoso; ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República no governo de Dilma Rousseff; e ministro-chefe da Casa Civil no governo de Michel Temer.

Agência Brasil

TTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTT22222222222222222222222222
WhatsApp