COM OPERAÇÃO TORNADO, BATALHÃO DE CHOQUE INTENSIFICA AÇÕES OSTENSIVAS E PREVENTIVAS NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO LUÍS

Com o objetivo de potencializar o policiamento preventivo por meio do patrulhamento tático móvel realizado por viaturas e motocicletas, o Batalhão de Choque desencadeou a Operação Tornado, para proporcionar uma repressão qualificada nas áreas com maior índice de ocorrências de crimes como roubos e homicídios em toda região metropolitana de São Luís.

A operação é realizada semanalmente tendo como base de informação o relatório semanal emitido pelo UEAC (Unidade de Estatística e Análise Criminal) da Secretaria de Segurança Pública e não tem prazo para sua finalização.

A ação atende a um pedido do comando da Polícia Militar, por meio do CPM (Comando de Policiamento Metropolitano). Atualmente as ações preventivas e ostensivas estão sendo realizadas nos bairros Vila Samara, Ecotajaçuaba, Albino Soeiro, São Raimundo, Valian, Nova Terra, Cidade Operária e Cohatrac.


O batalhão já realizou desde o início da operação, 133 conduções às Delegacias de Polícia Civil, com 41 flagrantes registrados, além da apreensão de 29 armas de fogo, 5 simulacros de arma de fogo. Em relação aos entorpecentes, a unidade já apreendeu 588g de maconha, 110g de crack e mais de 3kg de cocaína.

De acordo com o comandante da unidade, tenente-coronel Wellington avalia como positiva a ação no combate à criminalidade.

“A Operação continuará sendo realizada com base nas informações adquiridas através de relatórios da UEAC e das Unidades de área, visto que os resultados alcançados têm sido satisfatórios no que diz respeito a redução e controle da violência e do crime nas áreas de atuação”, afirmou.

Deixe seu comentário
VALMIR ARAÚJO