A escritora mineira,Conceição Evaristo participa de roda de conversa no CCVM

O Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM) recebe dia 04 (terça-feira), às 19h, a roman-cista, poeta e ensaísta, Conceição Evaristo, que vem a São Luís para participar da roda de conversa com professores e alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e público em geral. O evento faz parte do Projeto “Literatura na EJA”, uma parceria entre a Fun-dação Vale e a Secretaria de Educação de São Luís.

A romancista, que já trabalhou como professora da rede pública de ensino do Rio de Janeiro, irá dialogar sobre o processo de elaboração de seu livro “Insubmissas Lágrimas de Mulheres” e sobre os ecos da leitura da obra entre os professores. Em cada conto do livro identifica-se a força, a sabedoria, os afetos e reflexões que constituem o imaginário e os enfrentamentos das mulheres, principalmente negras, ao longo de sua história de vida e de construção de sua autonomia.

Quem é Conceição Evaristo?

A escritora, nascida em Belo Horizonte, em 1946, migrou para o Rio de Janeiro na dé-cada de 1970. Graduada em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é Mestra em Literatura Brasileira pela PUC-RJ, com a dissertação Literatura Negra: uma poética de nossa afro-brasilidade (1996), e Doutora em Literatura Compa-rada na Universidade Federal Fluminense(UFF), com a tese Poemas malungos, cânticos irmãos (2011), na qual estuda as obras poéticas dos afro-brasileiros, Nei Lopes e Edi-milson de Almeida Pereira em confronto com a do angolano Agostinho Neto.

Participante ativa dos movimentos de enfrentamento ao racismo e de valorização da cultura negra em nosso país, estreou na literatura em 1990, quando passou a publicar seus contos e poemas na série Cadernos Negros. A escritora participa de publicações na Alemanha, Inglaterra e Estados Unidos. Seus contos vêm sendo estudados em uni-versidades brasileiras e do exterior.

Hits: 0

VALMIR ARAÚJO