Bandidos assaltam Banco do Brasil de Codó e fazem de refém a família do gerente

Durante a ação criminosa, o gerente Antônio Costa de Miranda, mais conhecido como “Mirandinha”, natural de Poção de Pedras, teve a família sequestrada pelos criminosos. No momento, os explosivos já foram retirados do corpo do gerente do BB. 

O assalto aconteceu na manhã desta terça-feira (17). No momento houve isolamento pela Polícia Militar em frente à agência do Banco do Brasil de Codó, no interior do Maranhão.

A Prefeitura e as lojas que ficam próximas da agência ficaram fechadas por precaução. Muitos curiosos estavam no local.

No centro da cidade, apesar do isolamento neste momento, às 11h36min, não havia movimento policial.

Informações davam conta de que o gerente “Mirandinha” estava sendo mantido de refém dentro do banco, com explosivos presos ao corpo.

Segunda um familiar, é a segunda vez que o gerente e sua familia passa por esse episódio. A primeira foi quando ele era gerente em Lago da Pedra.

A outra parte dos bandidos estava com a família. O clima era de muita tensão na cidade da região Leste.

Familiares do gerente foram libertados no KM 17, na zona rural de Codó. Segundo a polícia, todos estão bem e não foram agredidos.

Um grupo de bandidos trocou tiros com a polícia e estão escondidos em um matagal perto de Caxias.

O delegado regional chamou uma equipe do Esquadrão Antibombas de São Luís para desativar e retirar os explosivos do corpo do gerente.

Tudo já está sendo acompanhado pela Polícia Civil e Militar. Não existe informações de mortos e feridos. Um dos bandidos já teria sido preso.

Blog da Suelda

Valmir Arajúo