"ESSE É O NOSSO BRASIL" Sem as mãos e as pernas, mulher tem auxílio do INSS negado por não assinar o papel



Por conta da difícil condição, Cleomar alega que precisa do auxílio do INSS, pois não consegue trabalhar. A filha também não consegue procurar emprego, pois fica em casa para ajudar na alimentação e higiene.

Sem ter nenhum dos membros, superiores e inferiores, uma mulher teve um pedido de benefício negado por não poder assinar os documentos oficiais que autorizam o pagamento do auxílio pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Porto Velho.

Segundo informações do G1, a ex-sinaleira, Cleomar Marques, fez o requerimento três vezes no último ano, mas todos foram negados. Em um deles exatamente porque a mulher não poderia assinar os papéis.

Sem ter nenhum dos membros, superiores e inferiores, uma mulher teve um pedido de benefício negado por não poder assinar os documentos oficiais que autorizam o pagamento do auxílio pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Porto Velho.

Segundo informações do G1, a ex-sinaleira, Cleomar Marques, fez o requerimento três vezes no último ano, mas todos foram negados. Em um deles exatamente porque a mulher não poderia assinar os papéis.

“Uma servidora puxou os papéis e perguntou: ‘quem vai assinar? Você assina?’. Eu disse que não podia assinar, mas sim a minha filha ou minha mãe. A mulher então olhou e disse: ‘ah, então não vale’. Daí ela pegou, rasurou o papel e jogou fora”, afirma Cleomar.

Por conta da difícil condição, Cleomar alega que precisa do auxílio do INSS, pois não consegue trabalhar. A filha também não consegue procurar emprego, pois fica em casa para ajudar na alimentação e higiene, por exemplo. Atualmente, as duas dependem de doações para sobreviver.

Perda dos membros

Com constantes e fortes dores no estômago, Cleomar procurou ajuda médica, até o médico desconfiar de uma gastrite. após um novo exame, a mulher foi informada que seu problema poderia ser Helicobacter pylori, uma bactéria que aparece na mucosa do estômago.

Em uma outra consulta o médico informou que o problema era na vesícula. Como a dor continuava, Cleomar pediu para ser internada no pronto socorro do Hospital João Paulo II.

Uma cirurgia foi decidida pela equipe médica. Após o procedimento, Cleomar entrou em coma, teve infecção generalizada e os membros foram necrosando. Quando acordou não tinha mais os membros inferiores e superiores.

O que diz o INSS?

Segundo a assessoria de comunicação do INSS, foi solicitado ao instituto um auxílio-doença para Cleomar e este foi indeferido por falta de período de carência, no ano passado. Depois, um novo benefício foi solicitado, também sendo indeferido por apresentar renda per capita familiar superior a 1/4 do salário mínimo.

Ainda segundo o INSS, a renda da família foi apurada em razão das informações constantes do cadastro único para programas do governo federal.

O INSS informou ainda que atendeu pessoalmente a filha de Cleomar e foi informado que um novo requerimento poderia ser feito se houvesse alteração da composição do grupo e também da renda familiar junto ao Cadúnico.

Ainda segundo o instituto, Cleomar agora pode procurar o INSS, pois poderá solicitar o requerimento de um novo benefício.

JORNAL DE BRASILIA


Postagens mais lidas
Projeto de lei obriga INSS a pagar indenização por danos Morais em caso de atraso nos benefícios

Tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que obriga o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a pagar Read more

Beneficiário deve manter dados de contato atualizados junto ao INSS, pode ser pela internet ou telefone

As pessoas que recebem algum benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), como aposentados e pensionistas, devem manter seus Read more

INSS cria programa para identificar benefícios irregulares

Começa a funcionar a partir de hoje 11/ 12, um programa vinculado ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) que vai Read more

O INSS cancelou 261 mil benefícios irregulares em 2019

Apuração de benefícios pagos pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) verificou indícios de fraude e irregularidades em 261 mil Read more

One thought on “"ESSE É O NOSSO BRASIL" Sem as mãos e as pernas, mulher tem auxílio do INSS negado por não assinar o papel”

Comments are closed.

Valmir Arajúo
..