POLICIA PRENDE GRUPO QUE PARTICIPOU DE SEQUESTRO DE MÉDICO EM PRESIDENTE DUTRA

Uma ação conjunta da Polícia Militar, por meio do 18º Batalhão de Polícia Militar, e a Polícia Civil, com o apoio do Centro Tático Aéreo (CTA), resultou na prisão de quatro, dos cinco criminosos, horas após eles sequestrarem um médico em Presidente Dutra. O crime ocorreu no fim da tarde da última segunda-feira (08), quando o médico estava dentro do seu veículo e foi abordado pelos criminosos que estavam armados.

Após renderem o profissional, o grupo sequestrou o médico, levando-o em seu próprio veículo em direção ao município de Santo Antônio dos Lopes. Porém, logo após a ocorrência do delito, os criminosos passaram a ser acompanhados pelos policiais do 18º BPM, obrigando o grupo a abandonar o veículo e levando a vítima a uma região de mata.

De imediato, uma ampla operação foi realizada na busca pelo grupo, com apoio de uma aeronave do CTA. Após algumas horas, e sem conseguir êxito na fuga, os criminosos liberaram a vítima no final da noite do mesmo dia. Junto com o médico, os policiais conseguiram prender dois dos criminosos.

Paralelamente a essa operação, após a realização de várias diligências, os policiais descobriram que o grupo teve apoio de um veículo Ranger de cor marrom, que havia sido roubado uma semana antes em Teresina, e que estaria sendo usado na tentativa de resgatar parte dos envolvidos que ainda estavam escondidos. A polícia conseguiu então interceptar o carro e prender mais um homem e uma mulher que participaram do grupo.

À polícia, os criminosos confessaram os crimes e afirmaram serem pertencentes a uma facção criminosa conhecida. Alguns deles respondem a vários crimes, inclusive, dois possuem mandados de prisão preventiva pendentes de cumprimento.

Os criminosos relataram, ainda, que resolveram roubar na Região porque tem muita camionete é que os carros seriam levados para Teresina. Apenas um dos envolvidos no crime conseguiu escapar, mas já foi devidamente identificado. Os criminosos são dos municípios de Pedreiras, Timon e Teresina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Valmir Arajúo