Seis mortos em acidente de ônibus na BR-381 ainda não foram identificados

Das 19 pessoas que morreram no acidente de ônibus na BR-381, seis seguem sem identificação confirmada pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG). A identificação oficial das vítimas só acontece quando os corpos são examinados no Instituto Médico Legal (IML), em Belo Horizonte. 

A 19ª morte confirmada por hospitais foi a de Maria Luiza de Oliveira, de 56 anos. Ela estava no CTI e faleceu na noite desse sábado (5), segundo o Hospital Margarida, em João Monlevade, na região Central de Minas Gerais. O corpo segue para o IML na capital, por isso ainda não é contabilizado pela PCMG na lista de identificações realizadas. 

De acordo com lista do Corpo de Bombeiros, as outras vítimas que morreram no acidente, além de Maria Luiza, são:

  • Caio Lucas Santos
  • Cícero Jeferson Andrade da Silva
  • Cícero Oliveira Lima
  • Clemilton Santos Nascimento
  • Denise Maria do Nascimento
  • Elias Vieira Batalha
  • Joelson Queiroz dos Santos
  • José Ricardo da Silva
  • José Roberto Santos da Silva
  • Lázaro Santos Barbosa
  • Manoel José da Silva
  • Marcondes Teixeira Lima
  • Maria Silma da Silva Batalha

Um avião das Forças Aéreas Brasileiras (FAB) fará o transporte dos corpos de Minas Gerais para Alagoas. A polícia Civil informa que o horário da viagem ainda não foi confirmado.  

O TEMPO

Acidente na 381
Valmir Arajúo