Fifa definirá país-sede do Mundial de futebol feminino em 25 de junho



A Federação Internacional de Futebol (Fifa) anunciou nesta sexta (15) que a escolha do país-sede da Copa do Mundo de futebol feminino de 2023 foi adiada para o dia 25 de junho. Inicialmente, a decisão do local da competição aconteceria no início de junho, na reunião do Conselho da Fifa em Adis Abeba (Etiópia).

Segundo a Fifa, agora a decisão será tomada por videoconferência. A causa da mudança foi o impacto da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O Brasil participa da disputa para sediar a competição, junto com Colômbia, Japão e da candidatura conjunta de Austrália e Nova Zelândia.

Segundo a secretária-geral da Fifa, a senegalesa Fatma Samoura, a entidade “continua comprometida com a implementação do processo de licitação mais abrangente, objetivo e transparente da história da Copa do Mundo feminina da Fifa. Isso faz parte do […] compromisso geral com o futebol feminino que, entre outras coisas, verá a Fifa investir US$ 1 bilhão no futebol feminino durante o ciclo atual”.

Agência Brasil


Postagens mais lidas
IBM lança sistema mais rápido de previsão do tempo com cobertura mundial

LONDRES (Reuters) - A IBM anunciou nesta quinta-feira que lançará um novo sistema de meteorologia capaz de prever condições do Read more

Brasil enfrenta França nas oitavas de final do Mundial Feminino

O Brasil já sabe quem será o seu adversário nas oitavas de final da Copa do Mundo de Futebol Feminino. Read more

Flamengo faz exames e 38 funcionários testam positivo para a covid-19

O Flamengo busca autorização da Prefeitura e do Governo Estadual do Rio de Janeiro para retomar os treinamentos do time Read more

Covid-19: FIA cancela GP da França e chega a três provas extintas

Os fãs de Fórmula 1 (F1) terão que esperar mais um pouco para o início da temporada 2020. O Grande Read more

Valmir Arajúo