“EFEITOS DO COVID-19 NA ECONOMIA BRASILEIRA” Mais de 50 fábricas estão sendo afetadas



A pandemia do coronavirus no Brasil já afeta mais de 50 fábricas de veículos instaladas  no país, que estão ou vão paralisar suas operações por conta da expansão da COVID-19. A relação inclui fabricantes de automóveis, caminhões, ônibus e motocicletas.

A paralisação, no entanto, não é um fenômeno brasileiro. A indústria automotiva mundial tem adotado medidas semelhantes para tentar conter o avanço do coronavírus, além de se ajustar à menor demanda de veículos. A crise, no entanto, parece longe de acabar.

Enquanto a China, país onde o surto teve início, e maior mercado de veículos do mundo começou, aos poucos, a retomada da produção. A Europa segue o mesmo movimento, enquanto Estados Unidos e Brasil observam dezenas de fábricas permanecem paradas.

A situação de cada segmento da indústria brasileira pode ser vista logo abaixo:

Automóveis

Todas as 31 fábricas de automóveis e peças do país tiveram a paralisação anunciada pelas marcas.

Fábricas de automóveis paradas

FabricanteCidadeRetorno
BMWAraquari (SC)3 de maio
Caoa CheryJacareí (SP)Sem previsão
Caoa HyundaiAnápolis (GO)Sem previsão
ChevroletSão Caetano do Sul (SP)Junho (sem data)
ChevroletSão José dos Campos (SP)Junho (sem data)
ChevroletMogi das Cruzes (SP)Junho (sem data)
ChevroletGravataí (RS)Junho (sem data)
ChevroletJoinville (SC)Junho (sem data)
FCA – Fiat ChryserBetim (MG)Sem previsão
FCA – Fiat ChryslerGoiana (PE)Sem previsão
FCA – Fiat ChryslerCampo Largo (PR)Sem previsão
FordCamaçari (BA)30 de abril
FordTaubaté (SP)30 de abril
Ford/TrollerHorizonte (CE)20 de abril
HondaSumaré (SP)25 de junho
HondaItirapina (SP)25 de junho
HyundaiPiracicaba (SP)27 de maio
Jaguar Land RoverItatiaia (RJ)27 de abril
Mercedes-BenzIracemápolis (SP)2 de maio
Mitsubishi/SuzukiCatalão (GO)23 de maio
NissanResende (RJ)21 de maio
PSA – Peugeot CitroënPorto Real (RJ)31 de maio
RenaultSão José dos Pinhais (PR)3 de maio
ToyotaSão Bernardo do Campo (SP)22 de junho
ToyotaIndaiatuba (SP)22 de junho
ToyotaPorto Feliz (SP)22 de junho
ToyotaSorocaba (SP)24 de junho
VolkswagenSão Bernardo do Campo (SP)Final de abril
VolkswagenTaubaté (SP)Final de abril
VolkswagenSão Carlos (SP)Final de abril
Volkswagen/AudiSão José dos Pinhais (SP)Final de abril

Motocicletas

No caso das fábricas de motocicletas, as três maiores vendedoras do país, Honda, Yamaha e BMW anunciaram a paralisação de suas fábricas, em Manaus (AM). A Harley-Davidson também está sem operar e não tem previsão de retorno.

Fábricas de motos paradas

FabricanteCidadeRetorno
BMWManaus4 de maio
HondaManaus4 de maio
YamahaManaus29 de abril
Harley-DavidsonManausSem previsão
TriumphManausSem previsão

Caminhões e ônibus

Após um mês de paralisação, duas das maiores fabricantes de caminhões do país reabriram suas fábricas, ainda que de forma gradual. Nesta segunda-feira, parte dos funcionários de Scania e Volkswagen retornaram ao trabalho, nas unidades de São Bernardo do Campo (SP) e Resende (RJ), respectivamente.

A Mercedes-Benz, empresa líder do setor, tem o retorno em suas fábricas de São Bernardo do Campo e Juiz de Fora (MG) previsto para a próxima segunda-feira (4/5).

Até o momento, a Iveco, que produz em Minas Gerais, está com as operações interrompidas. No total, são cinco fábricas paradas.

A Agrale, que tem três fábricas em Caxias do Sul (RS), também está paralisando a produção. Os 840 funcionários ficarão em casa. Das três unidades, duas são responsáveis pela montagem de caminhões, enquanto uma fica com tratores e máquinas agrícolas. A DAF confirmou uma paralisação em todas as suas fábricas no mundo. A medida contempla a unidade de Ponta Grossa (PR).

Fábricas de caminhões e ônibus paradas

FabricanteCidadeRetorno
AgraleCaxias do Sul (RS)Sem previsão
AgraleCaxias do Sul (RS)Sem previsão
DafPonta Grossa (PR)Sem previsão
IvecoSete Lagoas (MG)Sem previsão
Mercedes-BenzSão Bernardo do Campo (SP)4 de maio
Mercedes-BenzJuiz de Fora (MG)4 de maio
ScaniaSão Bernardo do Campo (SP)27 de abril
Volkswagen/ManResende (RJ)27 de abril
VolvoCuritiba (PR)

Fonte Estradas


Postagens mais lidas
Grupo é preso com 25 cartões e R$ 22 mil em dinheiro sacados em agência da Caixa, em São Luís

Do G1: A Polícia Militar prendeu na manhã desta sexta-feira (29), em São Luís, quatro homens com 25 cartões, sendo Read more

Covid-19 – Governo Federal destinou R$ 596 milhões para as prefeituras do Maranhão

Na lista dos municípios que mais receberão recursos estão São Luís R$ 92.928.715,66, Imperatriz R$ 21.816.258,36, São José de Ribamar Read more

Bolsonaro diz que auxílio emergencial deverá ter quarta parcela

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (28) que o governo deve propor uma quarta parcela do auxílio emergencial, atualmente Read more

Faturamento caiu em mais de 80% das indústrias nos últimos 45 dias

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que 82% das indústrias do país tiveram queda de faturamento nos Read more

Valmir Arajúo