Coleta seletiva no TJMA promove reciclagem de mais de 100 toneladas de resíduos sólidos

Com a participação de servidores efetivos e terceirizados, o Judiciário maranhense descartou de forma ambientalmente adequada, 105 toneladas de resíduos sólidos, em 2019, na sede do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), Corregedoria Geral da Justiça (CGJ), Fórum Des. Sarney Costa, Centro Administrativo, Anexo da Alemanha, 14º Juizado e Termos de Raposa e Paço do Lumiar.

O trabalho de articulação e sensibilização é realizado pelo Núcleo de Gestão Socioambiental do TJMA. Por meio da coleta seletiva solidária, materiais recicláveis como garrafas pet, papel, papelão, metais e processos aptos para o descarte são enviados para a Cooperativa de Reciclagem de São Luís (Coopresl), que realiza a coleta periódica, conforme Termo de Cooperação firmado com o Tribunal.

“Com o início do processo de estruturação da coleta seletiva, em 2016, o Judiciário maranhense aumentará sua coleta por um período, mas o objetivo é reduzir a produção de resíduos com medidas que promovam o uso racional de bens e materiais, por exemplo”, esclareceu o presidente da Comissão Gestora do Plano de Logística Sustentável (PLS), desembargador Jorge Rachid.

DESCARTE DE PROCESSOS

Por meio de atos da CGJ que regulamentam o descarte de processos, os documentos aptos para o descarte deixaram de ser incinerados e passaram a ser destinados à Coopresl, beneficiando 19 catadores (agentes ambientais) e suas famílias.

“Essa destinação pelos órgãos públicos é muito importante e demostra que os gestores estão atentos ao seu papel dentro da cadeia produtiva, tanto na questão ambiental, econômica e social com a inclusão dos catadores”, explicou a presidente da Coopresl, Maria José Castro.

SENSIBILIZAÇÃO

Para colocar em prática a coleta seletiva solidária, o Núcleo, em articulação com os gestores, iniciou a separação de resíduos nos próprios setores, o que viabilizou a coleta pelos funcionários terceirizados e melhora na reciclagem. A sensibilização do quadro funcional com campanhas educativas e de esclarecimento também contribui para o melhor reaproveitamento dos materiais.

3 thoughts on “Coleta seletiva no TJMA promove reciclagem de mais de 100 toneladas de resíduos sólidos

  1. Pingback: Grinfer

Comments are closed.

Valmir Arajúo