. Bitrem tomba e derrama “óleo queimado” no Rio Córrego Novo, na BR-222 – Portal Hora 1 News Maranhão

Bitrem tomba e derrama “óleo queimado” no Rio Córrego Novo, na BR-222

Uma carreta bitrem tanque carregada de “óleo queimado” perdeu o controle e acabou tombando e derramando uma grande quantidade do produto, dentro do Rio Córrego Novo, causando um prejuízo incalculável ao meio ambiente.

O acidente, cuja causa ainda está sendo investigada pela Policia Rodoviária Federal (PRF), ocorreu no povoado Córrego Novo. Moradores da localidade tomaram um grande susto, pois por pouco as casas não foram atingidas.

Na manhã deste sábado (10), ao tomar conhecimento da situação, o Sr. Sininger Vidal (Secretário de Meio Ambiente de Açailândia) juntamente com uma equipe da SEMMA se deslocou até o local para tomar as providencias cabíveis.

A principal preocupação do secretário é o grande impacto ao meio ambiente, que já sofre consideravelmente com as ações do homem, que infelizmente não faz nada para preserva-lo.

Apesar da gravidade do acidente, não houve vítima fatal.

Blog do Antonio Marcos

Postagens mais lidas
Motorista de Carreta é preso por dirigir embriagado na BR 010

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, no final da tarde deste sábado (26), o motorista de uma carreta Read more

Motorista de carreta dormiu ao volante, invadiu a pista e atingiu caminhão carregado de telhas em Bacabal

Um acidente provocou o tombamento de uma carreta carregada com telhas no início da tarde deste sábado (3) na BR-316 Read more

Carreta carregada de cerveja tomba na BR-316 entre Caxias e Timon

Por volta das 7h40 da manhã desta terça-feira (16), uma carreta carregada de gradeados de cerveja tombou na BR-316, entre Read more

Caminhão carregado com diesel tomba e interdita a BR-135 em São Luís

Do G1 Uma carreta carregada de óleo diesel tombou no km 12 na BR-135, próximo a região de Pedrinhas, em Read more

COMPARTILHES COM SEUS AMIGOS

One thought on “Bitrem tomba e derrama “óleo queimado” no Rio Córrego Novo, na BR-222”

Comments are closed.

Valmir Arajúo
Powered by